Como ganhar uma bolsa de estudos no exterior

Ser um bolsista em uma das 30 melhores universidades do mundo não é impossível. Um currículo que demonstra liderança e faz uma boa impressão na entrevista, as chaves.

Tornar-se um colega de universidades ou programas como o Fulbright, Chevening ou o Banco Mundial não é fácil. Alejandra Corredor, consultora de admissão, especialista em ajudar os alunos a alcançar esse objetivo nas 30 melhores instituições do mundo, ressalta que os responsáveis ​​pela escolha das centenas de candidatos são fixados, principalmente, em altas conquistas e histórias potenciais.

Para identificá-los, ele diz, eles são baseados em vários recursos. Por exemplo, o currículo, em que o mais importante é demonstrar “a capacidade de se relacionar com os outros e criar novas propostas que tenham impacto”. Para isso, recomenda a inclusão de experiências de liderança, como voluntariado, acompanhamento ou participação no conselho estudantil, que mostram que o candidato tem iniciativa.

Inclua informações para seu perfil

Bolsa de Estudos

Se você também adiciona o tipo de relacionamentos e contatos que foram estabelecidos para fazer avançar esses projetos e os indicadores do impacto que geraram, como a população beneficiária, aumenta ainda mais a probabilidade de sucesso.

Por outro lado, há ensaios, que com perguntas como o que você deseja alcançar no programa, por que você quer estudá-lo naquela universidade, o que o torna único e como você espera contribuir com o conhecimento adquirido, explore se o futuro companheiro fez um processo de introspecção e ele tem clareza nos motivos que o motivaram a correr.

Para superar este teste, é importante ser concreto. “Vá para o ponto, não comece a adornar o texto de tal forma que o que é valioso em você não é mostrado”, recomenda Corredor. Ele também adverte que deve ter em mente que esses tipos de exercícios vêm com um limite de palavras. Cumprindo-os, sem excedê-los, é mais uma obrigação do que uma recomendação, uma vez que isso mostra a capacidade de seguir as instruções.

Esteja preparado para a entrevista

O próximo passo é a entrevista, que busca confirmar que o candidato foi aquele que escreveu os ensaios e o currículo; avalie como você se relaciona com outros e verifique se você possui idéias claras sobre o que deseja. É aconselhável prepará-lo com antecedência, repetindo em voz alta e na frente de um espelho o que será dito para eliminar frases e corrigir a pronúncia. Lembre-se que, na maioria dos casos, é em inglês.

Além disso, diz o especialista, é fundamental para se sentir calmo com a história da vida, chegar a tempo e cuidar da apresentação pessoal. “O que deve brilhar são as idéias da pessoa, e não suas roupas”, isto é, sem roupas muito elaboradas ou muito coloridas, é melhor se vestir com sobriedade. Finalmente, é bom enviar um e-mail de agradecimento aos entrevistadores, pois geralmente são voluntários que sacrificam o tempo para realizar a reunião.

Bolsa de Estudos

Todo esse processo é acompanhado por uma série de exames de admissão, que incluem testes como TOEFL, IELT (inglês), GRE (inglês e matemática) e GMAT (solicitados por mestrado em negócios). De acordo com vários estudos, 30% dos alunos os perdem por causa da ansiedade. Corredor ressalta que é importante projetar uma estratégia de estudo e obter avaliações de teste, o que não deve ser feito no último minuto, mas durante várias semanas para praticar, monitorar e corrigir possíveis falhas. Quando chegar o dia da avaliação, não quebre sua rotina e tente viver essa data como qualquer outra. Isso o ajudará a manter a calma.

Uma boa oportunidade também para os estudantes que desejam garantir experiência profissional é o Bradesco trabalhe conosco jovem aprendiz. Vale a pena dar uma conferida.

Além dessas diretrizes, vale a pena lembrar que, se você for solicitado por cartas de recomendação, você não deve ir a amigos ou familiares, porque, dependendo do programa, do trabalho ou das referências acadêmicas, e mesmo ambos são solicitados. Por outro lado, ao invés de buscar recomendações de nomes importantes com posições altas, você deve enviar cartas de não mais de duas páginas de pessoas que conhecem muito bem o candidato e podem transmitir uma imagem clara de quem ele é.

Comments are closed.

Proudly powered by WordPress
Theme: Esquire by Matthew Buchanan.